Quais hábitos prejudicam o meio ambiente e como você pode mudá-los?
14 de maio de 2020

Quais hábitos prejudicam o meio ambiente e como você pode mudá-los?

A ação do homem tem acelerado a degradação da natureza.  Desmatamentos, poluição de rios, mares e florestas, e o uso indevido da água e de energia são alguns exemplos. Por isso, quando o assunto é sustentabilidade costumamos ouvir aquela frase: faça sua parte e contribua com a preservação do meio ambiente. Mas, afinal, o é fazer a sua parte? É isso que vamos explicar agora! 

No seu dia a dia você tem alguns hábitos que geram impactos ambientais e, muitas vezes, nem sabe disso. Então, é importante conhecer quais são esses hábitos, além, é claro, de saber o que você pode fazer para mudá-los. Elaboramos uma lista com os principais, confira e comece a fazer a sua parte:

Usar materiais descartáveis de plástico

Um dos grandes vilões na natureza é o plástico, pois ele demora mais de 400 anos para se decompor. Além disso, se acumula nos mares e rios, sendo responsável pela morte de um milhão de aves e 100 mil animais marinhos por ano. Então, se você usa produtos descartáveis de plástico, pode fazer algumas trocas simples e eficientes.

• Para fazer compras no supermercado, leve suas sacolas retornáveis (ecobag);
• Quando for tomar água ou café, troque o copo descartável pela garrafinha reutilizável ou caneca;
• Em festas com copos plásticos, tente lembrar qual é o seu em vez de jogá-lo no lixo cada vez que for tomar algo;
• Ao invés de usar canudos plásticos, prefira os de papel, vidro ou inox (em algumas cidades do Brasil ele já foi proibido por lei). 

Descartar óleo de cozinha na pia ou no lixo comum

Quando o óleo é descartado no lixo comum, ele chega a um lixão e pode contaminar o solo e a água de lençóis freáticos. Se jogado na pia da cozinha, a gordura se solidifica nos canos e pode causar o entupimento de tubulações, atrapalhando ainda processos de tratamento de água e esgoto. 

Por isso, é fundamental dar o descarte correto ao óleo. A melhor solução é guardar o óleo usado em garrafas de vidro ou garrafas pet, e descartá-lo em postos de coleta.

Misturar lixo comum com material reciclável

Descartar o lixo é uma tarefa do dia a dia e separá-lo é importante para ajudar na reciclagem de materiais e diminuir a destruição do meio ambiente. Se todos fizessem isso, reduziríamos em 75% a quantidade de lixo mandada para lixões. Essa missão é simples, basta dividi-lo em cinco categorias: orgânico, papel, metais, alumínio e plástico.

O material orgânico pode ser reciclado em casa por meio da compostagem ou embalado em sacolas biodegradáveis para descarte. Os recicláveis (papel, metal, alumínio e plástico) devem ser higienizados e destinados para cooperativas de reciclagem. 

Jogar eletrônicos, pilhas e baterias no lixo comum

Aparelhos eletrônicos, pilhas e baterias possuem metais pesados em sua composição, que são altamente tóxicos ao meio ambiente, podendo contaminar o solo e os lençóis freáticos. Além disso, a decomposição dessas substâncias pode trazer muitos prejuízos à saúde humana.

Primeiro, descarte somente o que não tiver mais uso. Celulares, notebooks, computadores, televisores, pilhas, baterias, entre outros, nunca devem ir para o lixo, mas devolvidos no local de compra do produto ou descartado em pontos de coleta. 

Imprimir boletos ou ingressos

Apesar de ser reciclável, o papel é um material que gera muitos impactos na natureza. Para produzi-lo é necessário o derrubamento em massa de árvores e seu processo de fabricação é um dos mais poluentes, pois libera grandes quantidades de CO2 (gás carbônico) e gasta muito água (são necessários quase dois copos de água para fazer uma folha de papel). 

Então, evite impressões desnecessárias: ingressos (prefira o e-ticket), extratos de banco, via da compra no cartão, boletos que podem ser pagos online, etc.

Esses são apenas alguns hábitos que prejudicam o meio ambiente, mas existem muitos outros. O importante é saber por onde começar. Lembre-se: grandes mudanças começam com pequenas atitudes. Por isso, modificar um hábito simples do seu cotidiano pode ajudar, e muito, na preservação do meio ambiente.

Ler mais artigos